Padrão de Raça Saluki

Saluki

Raça: Saluki

Grupo: Cães de Caça e Presa

Função: Cão de Caça e Corrida

País de origem: Oriente Médio

Aprovado por: Osmir de Moraes Bastos - Presidente

 

APARÊNCIA GERAL: a aparência geral desta raça deve dar a impressão de graça e simetria, de grande velocidade e resistência, combinando força e atividade.

Variedade de pelo curto: os termos devem ser os mesmos, com exceção da pelagem, que não tem franjas.

IMPORTANTES PROPORÇÕES: o comprimento do corpo (da ponta do ombro até a ponta da nádega) é aproximadamente igual à altura da cernelha, apesar de que o cão dá geralmente a impressão de ser mais longo do que realmente é.

COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: reservado com estranhos, sem ser nervoso ou agressivo. Digno, inteligente e independente.

CABEÇA: longa e estreita; o conjunto mostrando nobreza.

REGIÃO CRANIANA

Crânio: moderadamente largo entre as orelhas, não deve ser  arredondado.

Stop : não pronunciado.

REGIÃO FACIAL

Trufa: preta ou fígado.

Maxilares / Dentes: os  maxilares e os dentes são fortes com uma perfeita, regular e completa mordedura em tesoura.

Olhos: de escuros à cor de avelã, brilhantes, grandes e ovais, mas não proeminentes. A expressão deve ser digna e gentil com um olhar fiel e de grande alcance.

Orelhas: longas e cobertas por longos e sedosos pelos, de inserção alta, com mobilidade, pendentes junto à cabeça.

PESCOÇO: longo, flexível e bem musculoso.

TRONCO

Dorso: moderadamente largo.

Lombo: ligeiramente arqueado e bem musculoso.

Garupa: os ossos da ponta do ilíaco são bem separados.

Peito: profundo, longo e moderadamente estreito. Não deve apresentar costelas planas nem em barril.

Linha inferior: bem esgalgada.

CAUDA: longa, de inserção baixa e portada, naturalmente em curva, bem franjada na parte inferior, com pelos longos e sedosos, sem formar tufos. Nos adultos,  não deverá ser portada sobre o dorso, exceto quando estiver brincando. A ponta deve alcançar, no mínimo, a ponta do jarrete.

MEMBROS ANTERIORES: com boa inclinação, bem musculosos, sem serem pesados.

Braços: aproximadamente iguais, em comprimento, à escápula; formando com esta um bom ângulo.

Antebraços: longos e retos do cotovelo ao carpo.

Metacarpos: fortes e flexíveis, ligeiramente inclinados.

Patas anteriores: de comprimento moderado; dedos longos e bem curvados, não devem ser abertos, mas também não devem ser pés de gato; o conjunto deve ser forte e flexível, bem franjado entre os dedos.

MEMBROS POSTERIORES: fortes, mostrando poder para galopar e saltar.

Pernas: bem desenvolvidas.

Joelhos: moderadamente angulados.

Jarretes: bem descidos.

Patas posteriores: idênticas às dianteiras.

MOVIMENTAÇÃO: suave, fluindo sem esforço ao trote. Ligeira e solta, mostrando alcance e propulsão, sem fazer hackney, nem andar pesadamente.

PELAGEM

Pelo: suave e com uma textura sedosa; franjas nos membros e na parte traseira das coxas, franjas na garganta podem estar presentes em cães adultos. Filhotes podem ter ligeiras franjas nas coxas e nos ombros. A variedade de pelo curto não tem franjas.

COR: qualquer cor ou combinação de cores é admissível. A cor tigrada é indesejável.

TAMANHO: altura na cernelha: 58 a 71 cm. As fêmeas são proporcionalmente menores.

FALTAS: Qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade.

NOTAS:

- os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal.

- todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

A especialidade do Saluki é o galope. Há exemplares que conseguem uma velocidade de mais de 60 quilômetros por hora.

Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade