Padrão de Raça Chihuahua Pelo Longo

Chihuahua Pelo Longo

Grupo 05: Cães de Companhia

Função: Cão de Colo e Companhia

País de Origem: México

Aprovado por Osmir de Moraes Bastos (Presidente)

APARÊNCIA GERAL: tem a forma de um cão compacto. É de grande importância,o fato de seu crânio ter a forma de uma maçã e que sua cauda é moderadamente longa, muito alta, curvada ou formando um semicírculo com a ponta direcionada para a região lombar.

PROPORÇÕES IMPORTANTES: comprimento do corpo é ligeiramente mais longo do que a altura na cernelha. Deseja-se, porém, um corpo quase quadrado, especialmente nos machos. Nas fêmeas, por causa da gravidez, um corpo ligeiramente mais longo é permitido.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA

Crânio: bem arredondado, em forma de maçã (uma característica da raça). Stop: muito marcado, profundo e largo, já que a testa é alta em relação ao focinho.

REGIÃO FACIAL

Trufa: moderadamente curta e apontando ligeiramente para cima; qualquer cor é permitida.

Focinho: curto; visto de perfil, mantém uma linha reta, sendo mais largo em sua inserção e afinando para a ponta.

Lábios: secos e aderentes. Bochechas: pouco desenvolvidas, muito secas.

Maxilares / Dentes: mordedura em tesoura ou em torquês (em forma de pinça). Prognatismo superior ou inferior, assim como qualquer anomalia na posição maxilar ou mandibular deve ser severamente penalizada.

Olhos: grandes e redondos, muito expressivos, nunca proeminentes e completamente escuros. Olhos claros são permitidos, mas não desejados.

Orelhas: grandes, eretas, sem dobras e bastante abertas; largas na inserção, afinando gradualmente em direção às suas pontas ligeiramente arredondadas. Em repouso, inclinadas lateralmente formando um ângulo de 45º.

TRONCO: compacto e bem construído.

Garupa: larga e forte; quase plana ou ligeiramente inclinada.

Peito: caixa torácica larga e profunda, costelas bem arqueadas. Visto de frente, amplo, mas sem exagero; visto de perfil, alcançando os cotovelos. Nunca em forma de barril.

Linha inferior: formada por uma retração ventral, a qual deve ser bem delineada. O ventre frouxo é permitido, mas não desejado.

CAUDA: moderadamente comprida, inserida alta, larga na raiz, afinando gradualmente para a ponta; é plana em sua aparência. O porte da cauda é uma característica importante da raça; em movimento, ela é portada alta, em curva ou em semicírculo, com a ponta direcionada para o lombo, dando equilíbrio ao corpo; nunca portada entre as pernas ou encaracolada abaixo da linha do dorso. O pelo da cauda deve estar em harmonia com o do corpo, de acordo com a variedade. Na variedade de pelo longo, a pelagem forma uma pluma; em repouso, a cauda é pendente e forma um ligeiro gancho. Patas: muito pequenas e ovais, com dedos bem separados, mas não abertas (nem pés de lebre, nem pés de gato); as unhas são particularmente curvas e moderadamente longas. Almofadas bem desenvolvidas e muito elásticas.

MOVIMENTAÇÃO: apresenta um passo longo e flexível, firme e ativo, com bom alcance e propulsão. Vistos por trás, os posteriores devem manter-se quase paralelos entre si, colocando as patas dos membros posteriores nas pegadas dos anteriores. Com o aumento da velocidade, os membros tendem a convergir em direção a uma linha central de gravidade. Mostram grande elasticidade e liberdade, sem nenhum esforço, com a cabeça sempre erguida e o dorso firme.

PELAGEM Pelo Longo: o pelo deve ser fino e sedoso, liso ou ligeiramente ondulado. O subpelo não deve ser muito denso. A pelagem é mais longa, formando franjas nas orelhas, pescoço, parte traseira dos membros anteriores e posteriores, nas patas e na cauda. Não são aceitos os exemplares com pelo longo e ondulado.

COR: todas as cores, em todas as suas tonalidades e combinações são aceitas.

Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade