Padrão de Raça Poodle Toy

Poodle Toy

ASPECTO GERAL: classificado como cão de utilidade e companhia. Harmonioso, mediolíneo, de pelagem encaracolada, cacheada ou encordoada. Expressão inteligente, constantemente alerta, ativo,harmoniosamente planejado para impressionar pela elegância e dignidade. CABEÇA: distinta, retilínea, proporcional ao tronco. De comprimento sutilmente maior que 40% (2/5) da altura na cernelha. Sem ser rústica e massuda ou exageradamente refinada. TRUFA: marcada e desenvolvida, com perfil vertical; narinas abertas.Trufa preta nos exemplares pretos, brancos e cinzas; marrom, nos exemplares marrons; nos exemplares abricós, em toda a gama do marrom escuro, podendo chegar ao preto. FOCINHO: linha superior reta, de comprimento em torno de 90% (9/10) do comprimento do crânio. Os dois ossos maxilares se alinham, quase, paralelos. LÁBIOS: sutilmente desenvolvidos, de preferência secos e espessura média; o lábio superior pousa sobre o inferior, sem ultrapassá-lo. Pretos, nos exemplares pretos, brancos e cinzas; pigmentados, nos marrons e, nos exemplares abricós, em toda a gama de marrom escuro, podendo chegar ao preto, ainda que, esta última, não seja a cor preferida, apenas aceita. As comissuras labiais não ficam evidenciadas. MAXILARES: articulados normalmente e com dentes sólidos. A falta de um dos últimos molares não é penalizada em julgamento ou por ocasião duma seleção. OLHOS: de expressão fogosa, inserção, ligeiramente, oblíqua no nível do stop. PEITO: com o esterno no nível dos cotovelos, a largura é igual 60% (2/3) da profundidade. COSTELAS: ovaladas, caixa torácica larga na região dorsal. DORSO: curto e de linha superior harmoniosa e absolutamente reta. Linha superior praticamente nivelada (a altura na cernelha e na garupa são, praticamente, iguais). LOMBO: firme e musculoso. Ventre e flancos: linha inferior ascendente, sem esgalgamento. GARUPA: arredondada, sem ser caída. CAUDA: de inserção bem alta, no nível da linha superior. Amputada, exsicando dois terços e permanecendo um terço do seu comprimento natural. A cauda inteira, contudo, não constitui falta. OMBROS E BRAÇOS: cernelha moderadamente desenvolvida. Ombros oblíquos e musculados. Escápula e úmero de igual comprimento. PATAS: de preferência pequenas, fechadas, ovaladas, com dedos compactos e bem arqueados, ligamentos fortes, aprumados sobre almofadas duras e espessas. As unhas brancas são consideradas defeito. Nos abricós, devem ser coloridas em toda a gama do marrom escuro, podendo chegar ao preto, cor apenas aceita. COXAS: robustas e bem musculadas. PERNAS: visto por trás, paralelas, com a musculatura bem desenvolvida e bem aparente. A articulação dos jarretes é bem volumosa. As angulações, coxofemoral, tíbiofemoral e tíbiotársica, devem ser bem acentuadas, evitando que o conjunto reto possa resultar numa inclinação indesejável da garupa. CORES: preto, branco, marrom, cinza e abricó. TALHE: 1. Poodles Grandes: de 45 até 60 cm, com uma tolerância de 2 cm. A reprodução do poodle Grande deve ser desenvolvida e ampliada, a partir do poodle médio, uma vez que ele guarda as mesmas características. 2. Poodles Médios: de 35 até 45 cm. 3. Poodles Anões: de 28 a 35 cm. O poodle Anão deve ostentar no conjunto o aspecto de um poodle Médio reduzido, guardando na medida do possível, as mesmas proporções gerais, sem apresentar qualquer característica de nanismo, com exceção da crista occipital, que pode ser menos acentuada. 4. Poodles toys: abaixo de 28 cm (a altura do tipo ideal é 25 cm). O poodle toy conserva o aspecto do poodle Anão e as mesmas proporções gerais correspondendo a todas as exigências do padrão. Qualquer característica de nanismo, com exceção da crista occipital, que pode ser menos acentuada.

Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade