Padrão de Raça Terrier Irlandês do Glen do Imaal

Terrier Irlandês do Glen do Imaal

Raça: Terrier Irlandês do Glen do Imaal

Grupo: Cães do Tipo Terrier

Função: Caça 

País de origem: Irlanda

Aprovado por: Osmir de Moraes Bastos - Presidente

 

APARÊNCIA GERAL: de porte médio, com pelagem de comprimento médio, grande força revelando máxima substância para o tamanho do cão. 

PROPORÇÕES IMPORTANTES: · tronco mais longo do que alto, próximo ao solo. 

COMPORTAMENTO  / TEMPERAMENTO: ativo,  ágil e silencioso quando trabalha. Caçador e  esperto,  com grande coragem quando requerido, entretanto,  meigo e dócil que emana personalidade; sua natureza leal e afetuosa faz dele um  cão muito aceitável nas casas e de companhia. Diz­-se que o Terrier Irlandês do Glen  do Imaal é o menos excitável dos terriers, embora esteja sempre pronto para caçar  quando chamado. 

CABEÇA 

REGIÃO CRANIANA  Crânio: de boa largura e comprimento suficiente. 

Stop: pronunciado.

REGIÃO FACIAL  

Trufa: preta. 

Focinho: poderoso, afinalando para a trufa.  Maxilares: fortes. 

Dentes: sadios, regulares, fortes, de bom tamanho. Mordedura em tesoura. 

Olhos: marrons, de tamanho médio, redondos, inseridos bem afastados. Olhos claros  devem ser penalizados. 

Orelhas: em pequena rosa ou semi­ereta quando em atenção, deitadas para trás em repouso. Orelhas caídas ou eretas são indesejáveis. 

PESCOÇO: muito musculoso e de comprimento moderado. 

TRONCO: profundo e longo; mais longo do que alto.  Linha superior: reta 

Lombo: forte. 

Peito: largo e forte, costelas bem arqueadas. 

CAUDA: cortada. Forte na raiz, bem inserida e portada alegremente. Acauda do filhote  deve ser cortada na metade do seu tamanho natural. A cauda natural (não cortada) é permitida em países onde cortá-­la é proibida por lei. 

MEMBROS  Anteriores

 Ombros: largos, musculosos e bem angulados. 

Pernas: curtas, arqueadas e de boa ossatura; 

Patas: compactas e fortes, com almofadas redondas. São ligeiramente viradas para  fora em relação aos metacarpos.

Posteriores: fortes e bem musculosos. 

Coxas: bem musculosas. 

Joelhos: bem angulados. 

Jarretes: não virados nem para dentro nem para fora. 

Patas: compactas e fortes, com almofadas redondas. 

MOVIMENTAÇÃO: livre, sem  hackney. Cobrindo o solo sem esforço e boa  propulsão nos posteriores. 

PELAGEM  

Pelo: de comprimento médio, de textura áspera com suave subpelo. A pelagem pode  ser aparada para apresentar um contorno bem delineado. 

COR

azul rajado mas sem tendências ao preto, trigo, desde o trigo claro ao dourado avermelhado. Os filhotes podem nascer nas cores: azul, trigo ou avermelhado. Filhotes com cores  mais claras têm uma máscara azul e também podem ter uma faixa azul no dorso,  cauda e nas orelhas. As marcações mais escuras clareiam com a maturidade. 

TAMANHO / PESO

Altura na cernelha: machos: máximo de 35,5 cm. Fêmeas: proporcionalmente menores. 

Peso: machos: 16kg.Fêmeas: proporcionalmente com menor peso. 

FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta  e penalizado na exata proporção de sua gravidade.

  • orelhas de Hound.
  • prognatismo inferior ou superior.
  • corpo muito curto.
  • frente reta. 

FALTAS ELIMINATÓRIAS

  • cor preto e castanho.
  • focinho estreito. 

NOTAS: machos  devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem  desenvolvidos e acomodados na bolsa escrotal.

Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade