Padrão de Raça Welsh Terrier

Welsh Terrier

Raça: Welsh Terrier

Grupo: Cães do Tipo Terrier

Função: Caça 

País de origem: Grã-Bretanha

Aprovado por: Osmir de Moraes Bastos - Presidente

 

APARÊNCIA GERAL: vivo, habilidoso, bem balanceado e compacto.

COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: afetuoso, obediente e facilmente controlável. Alegre e volátil, raramente tímido. Corajoso e sem medo, mas definitivamente não-agressivo, apesar de ser sempre capaz de enfrentar qualquer situação quando necessário.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA

Crânio: plano, de largura moderada entre as orelhas.

Stop: não muito definido.

REGIÃO FACIAL

Trufa: preta.

Focinho: comprimento médio do stop até a extremidade da trufa.

Maxilares / Dentes: maxilares poderosos, bem delineados, profundos e punitivos; fortes com uma perfeita e regular mordedura em tesoura, isto é, os dentes superiores recobrem os dentes inferiores e são inseridos ortogonalmente aos maxilares.

Olhos: relativamente pequenos, bem inseridos, escuros, expressão indicativa de temperamento. Olhos redondos e cheios são indesejáveis.

Orelhas: em forma de V, pequenas, não muito finas, inseridas relativamente altas, portadas para a frente e próximas às bochechas.

PESCOÇO: de comprimento e espessura moderados, ligeiramente arqueado e graciosamente inclinado para os ombros.

TRONCO

Dorso: curto.

Lombo: forte.

Peito: de boa profundidade e moderadamente largo; costelas bem arqueadas.

CAUDA: anteriormente era costume ter a cauda cortada.

Cortada: bem inserida. Portada ereta, mas não muito alegre.

Não Cortada: bem inserida. Portada ereta, mas não muito alegre. Em perfeito equilíbrio com o restante do cão.

MEMBROS

ANTERIORES

Ombros: longos, inclinados e bem colocados para trás.

Cotovelos: perpendiculares ao tronco, trabalhando livremente nas laterais.

Antebraços: pernas retas e musculosas, possuindo ossos amplos.

Metacarpos: perpendiculares e poderosos.

Patas: pequenas, redondas e como “pés de gato”.

POSTERIORES

Aparência geral: fortes.

Coxas: musculosas e de bom comprimento.

Metatarsos: jarretes bem angulados, bem descidos e com ampla ossatura.

Patas: pequenas, redondas e como “pés de gato”.

MOVIMENTAÇÃO: anteriores e posteriores se movimentam retos e paralelos. Os cotovelos se movimentam perpendiculares ao corpo, trabalhando livremente nas laterais. Joelhos não virando nem para dentro, nem para fora.

PELAGEM

Pelo: de arame, duro, muito fechado e abundante. Pelagem única (sem subpelo) é indesejável.

COR: preto e castanho, de preferência, ou preto e cinza com castanho, sem pincelados de preto nos dedos. Preto abaixo dos jarretes é altamente indesejável.

TAMANHO: altura nos ombros não ultrapassando 39cm.

Peso: de  9 a 9,5 kg.

FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão e na sua capacidade para realizar a sua função.

FALTAS DESQUALIFICANTES

  • agressividade ou timidez excessiva.
  • todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

NOTA:

  • os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal
Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade