Padrão de Raça Bedlington Terrier

Bedlington Terrier

Raça: Bedlington Terrier

Grupo: Cães do Tipo Térrier

Função: Caça e Companhia

País de origem: Grã-Bretanha

Aprovado por: Osmir de Moraes Bastos - Presidente

 

APARÊNCIA GERAL: um cão gracioso, lépido, musculoso, sem traço de fragilidade ou aparência grosseira.

A cabeça é em forma de pêra ou cuneiforme, e sua expressão, em repouso, é doce e gentil.

PROPORÇÕES IMPORTANTES: corpo de comprimento ligeiramente maior que a altura (na cernelha).

COMPORTAMENTO e TEMPERAMENTO: esperto e caçador, cheio de confiança. Companheiro inteligente, com forte instinto para a caça. Bem humorado, tendo uma natureza afetuosa, digna, não é tímido ou agressivo. Calmo em repouso, mas cheio de coragem quando excitado.

CABEÇA: coberta por um sedoso e abundante topete de cor quase branca.

REGIÃO CRANIANA

Crânio: estreito, mas profundo e arredondado.

Stop: não deve haver nenhum “stop”. A linha do occiptal até a ponta da trufa deve ser reta e ininterrupta.

REGIÃO FACIAL

Trufa: narinas largas e bem definidas. Os exemplares de cor azul e azul e castanho devem ter a trufa preta; os de cor fígado e areia devem ter a trufa marrom.

Focinho: bem cheio sob os olhos.

Lábios: bem ajustados, sem serem pendentes.

Maxilares e Dentes: dentes largos e fortes. Mordedura em tesoura.

Olhos: relativamente pequenos, brilhantes. O olho ideal tem aparência de ser triangular.

Os exemplares azuis têm os olhos escuros; os azuis e castanho têm os olhos mais claros com reflexos em âmbar; os fígado e os cor de areia têm os olhos castanho claros.

Orelhas: de tamanho moderado, formato de avelã, inseridas baixas e portadas caídas rentes às bochechas. De textura fina e aveludada; revestidas de pelo curto e fino, com uma franja de pelos sedosos e de cor esbranquiçada nas pontas.

PESCOÇO: longo e afilado; inserido baixo sem nenhuma tendência a apresentar barbelas. Sobressai bem para cima dos ombros, a cabeça portada bastante alta.

TRONCO: musculoso e significantemente flexível.

Dorso: apresenta um arco natural sobre o lombo.

Lombo: curvado, com uma linha dorsal arqueada imediatamente sobre o lombo.

Peito: profundo e bastante largo. Costelas planas, profundas até o antepeito (região esternal), alcançando os cotovelos.

Linha inferior e ventre: o lombo arqueado formando uma definida linha inferior esgalgada.

CAUDA: de comprimento moderado, grossa na raiz, afilando para a ponta e graciosamente curvada. De inserção baixa, nunca portada sobre o dorso.

MEMBROS

Anteriores: pernas retas, mais afastadas no nível do peito que no das patas.

Ombros: planos e oblíquos.

Metacarpos: longos e ligeiramente inclinados, sem fragilidade.

Patas: longos “pés de lebre”, com almofadas grossas e bem fechadas. Almofadas saudáveis e livres de rachaduras ou calos salientes.

Posteriores: musculosos e de comprimento moderado. Os posteriores parecem ser mais longos que os anteriores.

Joelhos: angulação moderada.

Metatarsos (Jarretes): jarretes fortes e bem descidos, não virando nem para dentro nem para a fora.

Patas: longos “pés de lebre”, com almofadas grossas e bem fechadas.

MOVIMENTAÇÃO: capaz de galopar em grande velocidade e aparenta ser capaz de fazê-lo. Movimento muito distinto, em vez de picado, suave e elástico, em passos mais lentos e com um leve “roll” (balanço) quando em passo completo.

PELAGEM

Pelo: bem característico. Espesso e feltrado, ficando bem afastado da pele, mas sem ser duro. Nítida tendência a encaracolar, particularmente na cabeça e na região facial.

COR: azul, fígado ou areia, com ou sem castanho. A pigmentação escura deve ser encorajada.

TAMANHO e PESO

Altura na cernelha: aproximadamente 41 cm. Permite-se uma ligeira variação abaixo no caso das fêmeas e acima nos machos.

Peso: entre 8 e 10 kg.

FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem estar do cão.

FALTAS DESQUALIFICANTES

- agressivo ou excessivamente tímido.

- todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.

NOTA:

 - os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal

Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade