Artigos

19/04/2018

Terrier Escocês

Confiante, Destemido e Independente

Grupo 03: Cães Terrier

Função: Caça

País de Origem: Grã-Bretanha

 

Um terrier de pernas curtas, porém substancial e muito forte, com pelagem característica em sua barba, pernas e parte inferior do corpo. Seus olhos penetrantes, cauda e orelhas eretas dão ao Terrier Escocês uma postura sempre atenta e alerta, perfil encontrado nos terriers da Grã-Bretanha.

Esses cães apesar do porte pequeno, são absolutamente destemidos, podendo desempenhar muito bem o papel de guarda do seu lar. Também possuem um instinto de caça muito forte, podendo perseguir e enfrentar desde pequenos roedores ou pássaros, até os gatos da vizinhança.

 

HISTÓRIA DA RAÇA

O Terrier Escocês, foi desenvolvido para caçar diversos tipos de animais, como ratos, raposas e texugos. É uma raça adora na Escócia, por sua bravura e eficácia. De fato, acredita-se que sejam os mais antigos terriers desenvolvidos na Escócia, e há autoridades da raça que acreditam que seja a mais antiga desenvolvida em toda a Grã-Bretanha. Há muitas controvérsias sobre a origem da raça e os cães que foram utilizados no seu desenvolvimento, mas sabemos que teve um começo humilde, nas fazendas escocesas como caçadores, e em alguns anos chegou a nobreza Inglesa. No século 17, o Rei James I, escocês de nascimento, era um apreciador da raça, e costumava presentear seus amigos com exemplares desses cães.

Em 1883, os primeiros exemplares da raça foram exportados para os Estados Unidos da América, ganhando popularidade entre a aristocracia. O Terrier Escocês mais famoso da história, foi Fala, um companheiro constante do Presidente americano Franklin Roosevelt, durante a Segunda Guerra Mundial, tendo várias fotos juntos registradas. A silhueta da raça logo ficou famosa no uso de bugigangas, como estampas de roupa, chaveiros, bolsas, etc.

 

CARACTERÍSTICAS E CUIDADOS

São cães tipicamente terriers, portanto possuem muita energia e forte instinto para caça. Assim sendo, precisam ser bem condicionados e educados desde cedo, para canalizar corretamente essa energia, caso contrário, estes cães podem ser bem destruidores.

Apesar de serem mais independentes comparados a outros cães, o Terrier Escocês ainda é um cão muito leal e amável com seus familiares, gostando muito de uma boa brincadeira. São territoriais e costumam latir somente quando necessário, podendo servir bem na guarda como um cão alerta. Também pode ser pouco paciente com outros cães.

São cães forte e inteligentes, e precisam de atividades diárias para não se sentirem entediados e procurar destruir qualquer coisa que encontrar na sua frente. Sua pelagem necessita de uma escovação semanal e uma tosa adequada da raça pelo menos a cada dois meses.

Consulte o padrão da raçahttp://sobraci.com.br/padrao-de-raca-info.php?id=135

 

Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade