Artigos

22/03/2018

Chow Chow

Sério, Brilhante e Leal

Grupo V: Cães de Companhia

Função: Companhia e Guarda

País de Origem: China

Forte, resistente e extremamente adaptável, os cães da raça Chow Chow eram utilizados para diversos fins na China, como cão de guarda, puxadores de trenó e em algumas tribos serviam também como fonte de alimento. De características únicas, esses cães possuem uma longa pelagem ao redor da face e pescoço, lembrando uma juba de leão e também uma língua de coloração azul enegrecido. Assim esses cães são facilmente reconhecidos.

Por serem muito adptáveis são fáceis de manter, não necessitando de muita atividade física. São conhecidos por serem muito limpos e exigentes. Possuem também uma fama de agressivos, o que não é verdade. Bem sociabilizados esses cães são dóceis e muito leais a seus familiares, sendo naturalmente indiferente a estranhos, mas não devem apresentar sinais de agressividade.

 

HISTÓRIA DA RAÇA

O Chow Chow é sem dúvida uma das raças mais antigas do mundo. Há registros desses cães em artefatos da Dinastia Han na China, datados de 206 a.C.  mas as evidências mostram que surgiram a muito mais tempo do que isso, sendo possivelmente um dos progenitores de cães do tipo Spitz, desde o Elkhound até o Spitz Alemão.

Ao longo dos milênios, como já foi dito, o Chow Chow desempenhou diversos papéis, incluindo o de companhia. Um imperador da dinastia Tang, por volta do século VIII, era um apreciador da raça e mantinha um canil com cerca de 5.000 exemplares. Entretanto apesar de serem excelentes cães de companhia, já atuaram como puxadores de trenó, cães de guarda, caçadores e alguns povos em épocas de fome, se alimentavam desses cães. Uma das teorias a respeito da origem do nome da raça, é a de que Chow Chow é uma expressão cantonesa,  com significado de "comestível".

Outra explicação para a origem do nome Chow Chow, é a de que este era um termo utilizado pelos britânicos para referir-se a ítens como bugigangas, trazidas do oriente pelos navios. Como os cães eram trazidos juntamente com diversos outros objetos, foram também chamados de Chow Chow. Essa é a teoria mais popular e aceita.

Na década de 1820 o Chow Chow ainda era uma novidade no Ocidente, e foram até mesmo expostos no Zoológico de Londres, como "Cães Selvagens da China". No final do século a Rainha Victoria adquiriu exemplares da raça, e tornou-se uma grande entusiasta destes cães. Graças a Rainha, a raça ganhou grande populariade, sendo exibida em exposições e exportada para todo o mundo.

Atualmente estes cães tornaram-se uma das raças mais populares do mundo, sendo facilmente reconhecidos e apreciados como cães de companhia, principalmente nas cidades.

CARACTERÍSTICAS E CUIDADOS

O Chow Chow é um cão geralemente sério e de porte digno. Quando bem sociabilizado não devem apresentar sinais de agressividade, apesar de ser naturalmente protetor. São cães de personalidade mais reservada, não interagindo muito com estranhos e muito leias a seus familiares.

Esses cães precisam ser escovados diariamente, na variedade de pelo longo, principalmente em época de troca de pelos. Em climas quentes eles podem sofrer bastante com o calor, portanto é importante ter a disposição água fresca sempre, e um local abrigado do sol. Não necessitam de muita atividade física, apenas uma caminhada moderada já será o suficiente.

Consulte o padrão da raça: http://sobraci.com.br/padrao-de-raca-info.php?id=179

Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade