Artigos

17/11/2017

Raça da Semana – Bull Terrier

Brincalhão, enérgico e muito leal.

País de Origem: Grã-Bretanha
Grupo: Cães terrier
Função: Caça
 
Por baixo de uma estrutura compacta e musculosa, o Bull Terrier se mostra um cão verdadeiramente amoroso e brincalhão. Podemos dizer que seu comportamento lembra muito o de uma criança, sendo muito ativo, afetuoso e até um pouco estabanado. Essas são algumas das características divertidas que fizeram essa raça ser tão popular.
 
História da Raça
O Bull Terrier teve origem na Inglaterra, após cruzamentos entre Bulldogues e cães do tipo Terrier, ganhando muita popularidade entre criadores esportistas no início de 1800.
Esses criadores buscavam um cão que tivesse a força e determinação de um Bulldogue da época, com a agilidade e resistência dos Terriers. No início haviam variedades bem diferentes de Bull Terrier, tanto no tamanho quanto na forma, alguns mais semelhantes aos Bulldogues e outros mais semelhantes aos Terriers, até que a raça se homogeneizou.
O trabalho de padronização da raça teve início na década de 1860, graças a James Hinks, que teve um importante papel no aprimoramento dos Bulls. Os cães de Hink eram mais esbeltos, refinados e consistentes e serviram de padrão para o que conhecemos hoje como Bull Terrier.
Estes "Cavalheiros Brancos", como ficaram conhecidos na Inglaterra, ganharam muita popularidade entre os nobres esportistas da época, e sua fama logo se espalhou por todo o Atlântico, tendo exemplares da raça em diversos países em um tempo relativamente curto.
 
Características e Cuidados
O Bull Terrier é um cão muito divertido, tendo um bom convívio com todos. É um cachorro que se provocado irá se defender, mas geralmente não irá iniciar uma briga, o que lhe deu o título de cavalheiro. Eles possuem muita energia, então exercícios diários são fundamentais para manter estes cães mentalmente saudáveis. Possuem uma mordida muito forte, e podem destruir coisas aparentemente indestrutíveis se estiverem entediados e cheios de energia.
São cães geralmente saudáveis, porém a um problema de surdez relativamente comum na raça, o que exige um trabalho consciente e sério do criador para eliminar essa herança genética da criação. No mais, não requerem muitos cuidados com pelagem, e são em sua maioria fortes e resistentes.
Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade