Artigos

04/09/2017

Raça da Semana – Greyhound

Independente, nobre e gentil.

País de Origem: Grã-Bretanha
Grupo: Cães de caça
Função: Caça e corrida
 
O Greyhound é a raça mais veloz entre todos os cães, e também um dos animais mais rápidos do mundo, podendo atingir até 80 km/h. De cabeça fina e aerodinâmica, patas almofadadas para amortecer impactos e um peito profundo para dar mais espaço aos pulmões, este cão é insuperável quando o assunto é velocidade.
 
História
O Greyhound é uma das raças mais antigas conhecidas pelo homem e seu desenvolvimento pode ser atribuído, na verdade, a diversos países. No continente americano, há registros desses primeiros galgos por volta do ano 1500, trazidos por espanhóis para proteger, caçar e intimidar seus inimigos que, neste caso, eram os índios nativos.
O registro mais antigo da raça foi descoberto em tumbas no Egito, em esculturas datadas do ano de 2900 e 2700 a.C. retratando cães idênticos aos Greyhounds, caçando cervos e cabras das montanhas. Essas evidências egípcias nos ajudam a entender o quão antigo e milenar são esses cães, porém, a primeira descrição por escrito da raça foi realizada em Roma, pelo poeta Ovídio, que viveu até o ano 17 d.C.
A cultura e a aristocracia sempre estiveram relacionadas aos Greyhounds. Durante muitos séculos foram cães criados somente por realezas de diversos países, inclusive, por 400 anos, houve uma lei na Inglaterra que permitia somente os nobres criarem esta raça.
A Inglaterra teve suma importância na preservação da raça. Há registros ingleses de criadores de Greyhounds no século IX; esses cães eram utilizados por eles em diversos tipos de caça, como veados e raposas, mas, principalmente, a lebres. Devido a sua incrível velocidade, os ingleses, por volta de 1800, começaram então a utilizar o Greyhound como um esportista, e logo o cão se tornou um famoso velocista. As corridas de cães tornaram-se um dos passatempos prediletos da nobreza britânica.
Atualmente essa raça é muito apreciada como um cão de companhia, sendo extremamente amável e carinhoso.
 
Características e Cuidados
Hoje em dia os Greyhounds passaram de caçadores reais para um cão de companhia familiar, embora ainda sejam utilizados em corridas em alguns lugares do mundo. São cães extremamente dóceis e amorosos, mas muito independentes, lembram um pouco o temperamento de um gato, portanto, não é um cachorro que sente a necessidade de carinho constante, nem de estar perto do seu dono o tempo todo. Tem um relacionamento muito bom com crianças e outros animais, mas é sempre bom uma supervisão nesses casos.
Sua pelagem é curta, portanto extremamente fácil de cuidar. Os maiores cuidados estão em gastar a energia deles, eles necessitam de uma boa caminhada diária. Se houver um lugar seguro e espaçoso onde ele possa correr, é melhor ainda, porém esteja sempre atento a questão de segurança caso for soltá-lo da guia, são cães muito velozes e tendem a perseguir tudo, caso seja um lugar aberto você pode perdê-lo de vista.
Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade