Artigos

29/11/2016

Pulgas e carrapatos: como combater?

Saiba como manter seu cão longe dos ectoparasitas

Os dias quentes são ótimos para brincar e passear com os cães. Porém, o calor e a umidade característicos do verão aumentam a proliferação dos ectoparasitas como pulgas, carrapatos e ácaros. Junto com eles os cães podem contrair doenças como erliquiose, sarna, verminose, anemia, infecções bacterianas da pele, queda de pelo, artrite e outras.

Um grande problema é que apenas 5% desses parasitas, os adultos, são visíveis a olho nu; já os demais se instalam no ambiente durante sua fase imatura, em forma de ovos ou larvas, sendo impossível enxergá-los. Devido à resistência deles nos locais, esses também devem ser tratados para evitar ou interromper o seu desenvolvimento, através de alguns procedimentos:

- Limpar muito bem todos os ambientes onde o cachorro fica, utilizando produtos específicos para a eliminação de parasitas
- Se o cão passa muito tempo no jardim, o ideal é lavar o local com frequência e aplicar inseticidas apropriados, além de manter a grama bem aparada
- Lavar semanalmente as roupinhas, cobertores e brinquedos do animal
- Em casos de grandes infestações como em frestas de pisos, carpetes e tapetes, é necessário fazer uma dedetização adequada do ambiente com uma empresa do ramo

Falta de apetite, indisposição, febre, perda de peso e pele avermelhada são alguns dos sintomas de ectoparasitas em cães. Caso observe alguns desses sinais em seu animal, procure um veterinário para tratá-lo corretamente de acordo com a situação em que ele se encontra.

Designer by Neoware - Criação e Desenvolvimento de Websites e Sistemas - Desafie nossa Criatividade